Como a imaginação não tem limites neste blog podem ver desde receitas, artesanato a uma panóplia de coisas

19
Jul 13

Neste momento a nossa varanda alberga tomateiros, meloas, manjericão e morangos. A meloa teve origem numas sementes de uma meloa que se comeu aqui em casa. Como se pode ver a meloa está cheia de flores mas não cresce nada. Julgo que não há terra suficiente para elas nascerem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O tomateiro também tem flores mas tenho que colocar um pau para não cair depois dos tomates nascerem. Ao seu lado estão dois pés de melão. Aparentemente gostam da companhia um do outro.

 

 

 

 

O morangueiro parece-me doente. É a segunda vez que dá morangos mas eles não são muito doces.

O manjericão foi plantado através de umas sementes biológicas compradas no Celeiro. Gosto imenso de colocar esta erva na salada e nas  massas.

 

 


15
Jul 13

Na longínqua década de 70 e inícios de 80 a moda não se limitava às calças boca de sino ou às camisas floridas também se estendia à comida e aos equipamentos de cozinha. No trabalho da minha mãe, na Polícia Judiciária, mundo predominantemente feminino, houve algumas "epidemias": o osso buco (de vez em quando faço osso buco à Milanesa mas nunca coloquei online a minha receita), as dietas com chás, as máquinas de iogurtes (a minha ainda trabalha) e os gelados de água feitos só com fruta, açúcar e água. Eu não sou fã dos gelados que habitualmente se vendem nos cafés e detesto aqueles com cores florescentes (por norma fujo de tudo o que apresenta cores berrantes pois imagino que numa noite escura toda eu vou brilhar!!! :-), que apresentam ingredientes como limão (porquê a cor verde??), coca-cola, etc. Mas há alguma coisa melhor do que gelados feitos de fruta?? Ai que me veio à memória o sorvete da Santini (no Chiado), de figo e ginga preta!!! Delicioso!!

A minha receita, como sempre, é saudável e fácil de fazer....

 

 

 Ingredientes

10 cerejas

10 morangos

1 iogurte grego açucarado

1 colher de sobremesa de açúcar ou outro adoçante natural

 

Colocar tudo no liquidificador. Despejar nas formas. Levar ao congelador por 4 horas.

publicado por Susana às 09:59

Descobri na loja Celeiro uns pacotes que me chamaram a atenção pela beleza - as pérolas de tapioca. Comprei sem fazer ideia do que poderia criar. Nesta minha constante demanda pelas novidades gastronómicas saudáveis, em cujo cerne está sempre a minha filha e a sua falta de apetite, resolvi apostar numa sobremesa brasileira - o Sagu. Originalmente é feito com vinho tinto mas quem tem crianças pode optar por sumo de uva, de preferência orgânico.

Como prefiro sempre utilizar a fruta da época a minha receita leva morangos e pêssegos. O resultado é este e foi totalmente aprovado pela E.

 

Ingredientes

10 morangos e 4 para enfeitar

1 iogurte grego açucarado

50 gramas de pérolas de tapioca

canela, q.b

açúcar de cana (ou outro adoçante natural), q.b.

água

 

Preparação

Cozer a tapioca num tacho com o dobro da água durante 20 minutos e um pau de canela. Mexer constantemente para não pegar. Entretanto colocar os 10 morangos, pêssego no liquidificador e o açúcar. Não necessita levar água. Depois de cozida colocar a tapioca num recipiente e deixar arrefecer. Quando estiver morna juntar o puré de morangos e pêssegos e misturar bem. Juntar o iogurte. Para enfeitar colocar uns morangos, canela em pó e polvilhar com algum açúcar. Levar ao frigorifico durante algumas horas.


12
Jul 13

Gosto de criar projectos que possa fazer com a minha filha. Desta vez refizemos umas sandálias que comprámos na Foreva. Detesto pessoas e crianças uniformizadas e por isso opto muitas vezes por transformar aquilo que compro.

 

 

São uma espécie de Twins da Camper pois no centro do coração em pele têm um fuxico, com dois botões: um morango e uma cereja, escolhidos pela E.

 

 

Nesta colei dois apliques de madeira, que comprei num chinês.


Finalmente acabei o vestido da minha filha. Comecei em Fevereiro no Atelier Paraíso, com a ajuda de uma mestre em moldes de criança. Mas depois de algumas discordâncias metodológica entre mim e a professora não me apetecia acabá-lo. Como eu não gosto de coisas inacabadas lá resolvi por mãos à obra e distanciar-me um pouco da minha tese de doutoramento.

Não está perfeito mas para aquilo que eu vejo em algumas lojas, feito por "profissionais", até não está mal. De qualquer maneira não me vou aventurar tão depressa a fazer uma gola de bibe, ou Peter Pan, pois dá muito trabalho. Mas ficam tão bonitas.

O tecido é uma sarja rosa e a gola é de algodão, com elefantes e corações. Em baixo tem dois corações com o mesmo tecido da gola (feito a pedido da m. filha). Custo: menos de 9 euros.

 

 

publicado por Susana às 16:05

Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


subscrever feeds
facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

19 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO