Como a imaginação não tem limites neste blog podem ver desde receitas, artesanato a uma panóplia de coisas

16
Jun 17

Papas de aveia.jpg

 Já repararam que todas as figuras públicas têm uma receita de papas de aveia? as papas estão na moda!! estão na moda em Lisboa, estão na moda em Nova York. E até se percebe esta tendência!. A aveia é um alimento funcional, ou seja, além de fornecer substâncias essenciais ao organismo ela é capaz de prevenir um número considerável de doenças. A aveia ajuda a controlar o colesterol e a normalizar as taxas de açúcar no sangue. Ainda fortalece o sistema imunológico.

As papas podem ser feitas no dia anterior e permitem bastante criatividade nos toppings. Vou variando e coloco passas, bagas godgi, nozes, amoras e iogurte natural por cima.

A consistência vai depender dos flocos utilizados. Gosto das minhas papas cremosas e por isso uso flocos de aveia finos da naturefoods.

aveia.jpg

Umas vezes cozo as papas com cacau magro bio em pó (também da Naturefoods) e outras com cúrcuma. A cúrcuma é um poderoso anti-inflamatório e assim beneficio logo de manhã das suas propriedades. Para que fiquem mais saborosas nunca cozo a aveia em água mas sim em leite vegetal. O meu preferido é o leite de coco e arroz da Isola.

leite de coco e aveia.jpg

 Ingredientes:

1 chávena de flocos aveia

3 chávenas de leite vegetal à vossa escolha

1 colher de café de cúrcuma em pó

3 fatias de abacaxi desidratado (opcional)

Instruções

Coloque uma panela com o leite em lume brando. Quando começar a ferver junte a aveia e a cúrcuma. Baixe o lume e vá mexendo. Ao fim de 10 minutos, desligue o lume e sirva. Enfeite as papas com fatias de abacaxi desidratado ou o que preferir.

 

 

 


12
Jun 17

 

Alho francês à Brás.jpg

Há quem pense que sou vegetariana pelas receitas que vou partilhando. Repudio qualquer fundamentalismo. Acho que se deve comer de tudo desde que seja de forma equilibrada. Por equilíbrio entendo que se deve respeitar as necessidades calóricas de cada um. Uma pessoa que passe o tempo sentada em frente a uma televisão não tem as mesmas necessidades calóricas que um atleta. Equilibro também é ter atenção ao tipo de alimentos que se ingerem. Não é nada equilibrado comer maioritariamente fritos, comidas processadas e banir as frutas e os vegetais da nossa mesa.

Assim, como de tudo mas há alturas em que o meu corpo rejeita certos alimentos. Neste momento não posso ver carne ou bolos à frente que fico logo arrepiada.  Adeus pasteis de nata; bye bye costoletas de porco preto.

Como sou uma pessoa muito prática gosto de partilhar receitas simples, saudáveis, baratas e que possam ser confeccionadas por qualquer pessoa. Esta receita leva 15 minutos a fazer!! Não é das coisas mais saudáveis de fazer por causa das batatas palha mas hoje é dia de bailarico, de beber umas cervejas e comer muita sardinha. E viva o Santo António!!

Ingredientes

5 dentes de alho bio pequenos

2 alhos franceses bio pequenos

250 gr de batata palha

1 colher pequena de garam masala

1 colher pequena de cardomono em pó (uso a marca bio Sonnentor)

3 ovos bio

azeite bio, q.b

coentros, q.b.

Garam masala.jpg

Instruções

Refogar o alho e a parte branca do alho francês, que deverá ser cortado em rodelas, em lume brando. Quando o alho francês estiver macio juntem as batatas e as especiarias. Mexer um pouco e juntar os ovos (parto os ovos directamente na panela). Mexer mais um pouco, sem deixar secar. Sirvam com coentros picados.

Bacalhau à brás.2.jpg

 

 

 

 


10
Jun 17

Diapositivo1.JPG

Todos os intensificadores de sabores são um veneno para o nosso corpo porque possuem ingredientes como o Glutamato monossódico, Guanilato disódico, o Galato de propilo, o corante E 150c, BHA e Gordura hidrogenada, tudo grandes porcarias que prejudicam gravemente a nossa saúde.

Há tantas alternativas à utilização destes caldos. Podem usar especiarias ou ervas aromáticas. Aqui em casa tenho a minha própria versão que congelo e uso em risotos, quinoa e até na sopa. Vamos ver como se podem fazer os caldos saudáveis?

Ingredientes:

1 cenoura bio

1 talo de aipo bio com rama

meia cebola bio com casca

1 fatia de abóbora bio

um ramo de coentros bio

a parte verde de um alho francês bio

sal dos Himalaias, q.b

Instruções

Cubram os vegetais com água e levem a ferver durante 15 minutos em lume baixo. Desfaçam os legumes e coem-nos. Coloquem em cuvetes e levem a congelar.

Diapositivo2.JPG

 

 

 


09
Jun 17

tabule.jpg

 

O tabule é um símbolo da culinária libanesa. É delicioso, nutritivo, vegetariano e possuí gorduras saudáveis. O tabule original é feito de trigo, tomate, cebola, salsa, hortelã, sumo de limão, pimenta, salsa e pepino. O meu é um pouco diferente e adoro brindar os meus convidados com o inusitado e a frescura destes sabores.

Ingredientes:

125 g de cuscuz cozido (utilizo o cuscuz de milho bio da Primeal)
3 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho, esmagado
Casca ralada de 1/2 limão
Cerca de 1 colher de sopa de sumo de lima ou limão
1 colher de sopa de hortelã, picada

2 maçãs verdes
1 colher de sopa de salsa, picada
8 azeitonas pretas, sem caroço, cortadas ao meio (opcional)
40 g de amendoins grandes salgados

2 tomates rosa
1-2 colheres de chá de sumo de limão
Sal e uma pitada de garam masala
Raminhos de hortelã, para guarnecer

coentros e salsa, q.b

Folhas de alface gelo.

Instruções

Bata o azeite com o alho e a casca ralada e o sumo de lima. Tempere a gosto e bata até estar bem homogéneo. Junte 4 1/2 colheres de chá do preparado obtido ao cuscuz previamente feito. Adicione as ervas picadas, as especiarias, as maçãs, os tomates, as azeitonas e os amendoins ao cuscuz e mexa. Junte o sumo de limão ao molho restante e incorpore na salada. Deixe no frigorífico pelo menos umas 2 a 3 horas para tomar gosto. Decore com folhas de hortelã e coloque a salada por cima de folhas de alface gelo.

 

 

publicado por Susana às 10:19

08
Jun 17

Diapositivo2.JPG

 A polenta é um prato típico italiano que é muito saboroso! aprendi a faze-la na zona de Turim, com amigos italianos, onde é feito pelo menos com dois tipos de queijo.

Como alguém me lembrava à pouco tempo a polenta não precisa de levar queijo o que a torna bem mais saudável.

Hoje recebi uma visita inesperada para almoçar, a minha mãe. Como está de dieta, e disponível para experimentar sabores novos, transformou-se na cobaia perfeita.

DSC05686.JPG

 Gosto de fazer a polenta umas horas antes para poder endurecer. Desta vez não foi possível.

Ingredientes:

1 chávena de sémola de trigo (utilizei a polenta da Markal bio)

3 chávenas de água

1 dente de alho

flor de sal, q.b

5 cogumelos frescos

coentros frescos, q.b

Instruções

Colocar a água numa panela a ferver e juntar a sémola. Deixar cozer durante 20 minutos em lume baixo, mexendo sempre. Ao fim de 15 minutos coloquem os cogumelos frescos dentro da panela. Continuem a mexer. Ao desligarem o lume misturem coentros frescos picados.

Acompanha com espargos, tomates cherry e tofu lacto-fermentado - pesto (da Sojami). 

Diapositivo1.JPG

 

 


Diapositivo1.JPG

Cozinhar é como amar...é semear sabores ao vento, no mar, na memória....

Ingredientes:

2 curgetes bio

1 alheira vegetariana (as da Eurofumeiro, por exemplo)

azeite, q.b.

Molho:

1 iogurte natural

oregãos, q.b.

alho em pó, q.b

Instruções:

Cortar as curgetes no sentido do comprimento numa mandolina. Montar uma fatia na horizontal e outra na vertical. Colocar num tabuleiro refractório onde se passou um pouco de azeite. Desfazer a alheira e colocar uma colher de sobremesa no meio das fatias de curgete. Segurar com um palito cada ravioli (ver a imagem). Levar ao forno durante 15 minutos.

Molho:

Bater com um garfo o iogurte, os oregãos e o alho em pó. Colocar por cima dos raviolis, na hora de servir.

Diapositivo2.JPG

 

 

 

 


Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

20 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO