Como a imaginação não tem limites neste blog podem ver desde receitas, artesanato a uma panóplia de coisas

25
Set 07

Sei que este blog se dedica a mostrar os objectos que eu e a minha mãe temos vindo a criar, mas como não tenho tempo para gerir um outro blog, não resisto a deixar este apontamento sobre o último fim-de-semana.

Comecem por Conímbriga e visitem este local arqueológico, da época dos romanos (http://www.conimbriga.pt/index.html ). Se há alguns anos o local parecia morto, neste momento possuí uma loja (felizmente adoptámos este marketing espanhol que permite a estas instituições um acréscimo das suas receitas!), um restaurante com uma vista despojada e uma diversidade de pratos regionais (a experimentar, talvez os bifes de veado. Vai ter de ficar para a próxima!!).

Legenda: Conímbriga - Casa das Fontes

Legenda: Conímbriga - Mosaicos da Casa de Cantaber

 

E porque estamos a falar de comida, não deixem de ir almoçar a Coimbra, ao Zé dos Ossos (atrás do Hotel Astória). Os donos, do Porto, são muito bem-humorados e a comida…o prato de ossos é divinal e aquela feijoada de javali…hum!!!. Já para não falar na mousse de chocolate, espessa e com cheirinho. O local só tem algumas desvantagens: não tem Multibanco, nem café e é muito pequeno. Enquanto comem podem divertir-se com os papeis que as pessoas vão colando nas paredes do restaurante (Ainda não deixei a minha marca!!).

Em seguida dirijam-se a Arganil (http://www.cm-arganil.pt/). Não deixem de visitar o museu etnográfico e o mercado às quintas-feiras. Existem muitos locais de interesse dentro do concelho (http://pauloph.planetaclix.pt/montefrio/turismo.html). A não perder – A Fraga da Pena, Serra da Margaraça!!! Depois de comprarem um buxo no talho de Arganil (é a própria dona que os faz!!) ou uma morcela (IDEM!) dirijam-se à pequena vila do Alqueve (Não confundir com Alqueva, no Alentejo), construída numa das encostas da serra do Açor. Desfrutem da paisagem e do silêncio!

Legenda: a aldeia do Alqueve

Legenda: Alqueve - a vista do nosso quarto. Ao longe vê-se Nossa Senhora do Monte Alto

Retornem a Arganil e façam mais uma paragem (onde podem experimentar os queijos da zona. Aqueles de capinha vermelha…). Sigam a plaquinha que diz Góis (http://www.cm-gois.pt), a terra onde em Agosto os motoqueiros se reúnem, e vejam a praia fluvial. De todas as praias fluviais da zona esta é a mais bonita, inserida num vale estreito…e cortada por uma ponte manuelina…o local foi recentemente arranjado e está lindo.

E porque não resisto a falar de comida, aproveitem e jantem em Coja, num antigo lagar de azeite, chamado, claro, “O Lagar do Alva”. Podem comer polvo à lagareiro, Chanfana (típica da zona) e umas costeletas de veado, grelhadas, muito boas!!!. O ambiente é simpático apesar de insistirem em abafar o ruído da água a cair do açude, com a música de uma rádio local.

 

publicado por Susana às 18:23

27
Ago 07

Os meus pais queriam deitar fora esta mesa com mais de 40 anos. Lembrei-me que podia ser recuperada e fazer parte do saguão da casa do meu sogro, em Arganil…

publicado por Susana às 09:45

Como a mesa não estava em muito mau estado, bastou lixá-la para a seguir a pintar com um pequeno rolo…o resultado foi este...coloquei novos elementos nas gavetas e pintei-as de azul, assim como algumas das pernas da mesa…o resto foi pintado de laranja…

publicado por Susana às 09:43

Há um ano resolvi dar um novo “face-lift” a um dos quartos da casa do meu sogro. A moradia situa-se numa aldeia recôndita e escondida, algures na Beira (Arganil). A casa possui duas antigas lojas (era o local onde se guardavam os animais), recuperadas e construídas na rocha. A pensar nas crianças da família e na temática circense pintei duas das cama e uma arca. Oprojecto ainda não está terminado….


As camas foram pintadas a pincel, depois de ter colocado um produto anti ferrugem… as colchas, em crochet, foram feitas pela minha mãe, e as almofadas, do Ikea, levaram uma aplicação de flores em tecido e missangas...

publicado por Susana às 09:22

 

 

 

 

A Arca dos brinquedos, foi pintada nos mesmos tons das camas de ferro...e possui diversas estrelas azuis...

publicado por Susana às 09:21

 

Pormenores de uma das camas...no chão do quarto optei por colocar dois tapetes de lã de tricot, em diversas cores, feitos pela minha avó...ao fundo pode ver-se um antigo moinho de café, recuperado pelo meu avô...


Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

19 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO