Como a imaginação não tem limites neste blog podem ver desde receitas, artesanato a uma panóplia de coisas

21
Mai 09

Finalmente acabei o cortinado do quarto da Esmeraldinha

 

O varão estava perdido no sotão de casa dos meus pais. Foi reciclado e pintado à pistola com as mesmas cores do roupeiro. Na parte de cima prendi uns corações, comprados no Ikea, no Natal.

O candeeiro também foi comprado no Ikea, é lavável e só custou 13 €.

 

 

Deu um bocado de trabalho pois o cortinado leva 34 fuxicos, de diferentes tamanhos, entre botões

 


25
Fev 09

 

Voltámos ao revivalismo do papel de parede e à reutilização de autocolantes nas paredes da nossa casa. Lojas como o Aki, IKEA, CASA e alguns hipermercados têm várias opções, a preços bastante apelativos. Depois quem queira, e possa, gastar um pouco mais encontra papeis de parede lindíssimos na loja, da Avenida de Roma (Lisboa), Casa em Stock (?).

 

 

Este autocolante, que coloquei na sala e cozinha, comprei no Ikea, por cerca de 14 €.

 

 

O problema é que a qualidade da cola destes autocolantes é muito má e os que coloquei na cozinha já se estão a descolar....

 

 

Quem tem jeito para pintar tem sempre outras opções, muito mais económicas e originais: fazer o seu próprio padrão.  Já tinha pintado algumas flores no meu quarto (podem ver as fotos neste blog) e agora, optei por desenhar algumas borboletas no quarto da minha filha.
 

 


25
Jul 08

 

Aqui está uma revista, bimensal, para quem gosta de decoração e de boas ideias.

A revista Ideias é barata (1,95 €)...apresenta sugestões fáceis de fazer e preocupa-se com a reciclagem. Para mim é a melhor revista que está no mercado.

 

 


03
Out 07

O meu quarto estava a precisar de um face-lift devido à profusão de fendas e de manchas nos motivos florais do tecto. A cor, escolhida há 6 anos, a famosa “casca de ovo”, promovia um certo monocromatismo aborrecido, apesar de alguns focos de luz fomentados pelas portadas da janela e pelos rodapés em tons de chocolate. A dimensão diminuta do quarto não deixa fazer muito mais, a não ser a colocação estratégica de uma porta/espelho de madeira (que eu recolhi do lixo), muito floreada, e que algures no tempo, pertenceu a um antigo armário. O quarto precisava de uma piéce de resistence. Escolhi a parede mais importante da divisão e pintei-a de um azul da Dyrup (cor indicada para um quarto), sem brilho; fiz o desenho em acetato, recortei e passei-o para a parede. Os motivos florais foram pintados com um azul mais claro, da mesma marca, mas muito brilhante e utilizando um pincel nº 2.

O resultado é este: um quarto contemporâneo (as portas do armário em cerejeira, com pequenos puxadores metálicos; as luzes da parede em madeira e metal, cama e o candeeiro de tecto) mas eivado de um sentimento clássico (o espelho, a colcha de seda, muito antiga, com pequenas flores bordadas, as portadas, estuque no tecto e os motivos na parede).

Porque a tinta dos motivos florais é bastante mais brilhante do que a da base da parede, esta assemelha-se a um bonito papel de parede antigo.

Duração do trabalho: 3 semanas

Custo: 67 € (3 latas de tinta branca, 2 latas de azul + uma lata de azul cintilante; massa para tapar as fendas, um suporte de rolo, de 2,50m e uma trincha)

publicado por Susana às 12:17

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO