Como a imaginação não tem limites neste blog podem ver desde receitas, artesanato a uma panóplia de coisas

25
Mai 17

Diapositivo2.GIF

Sabia que os cogumelos possuem propriedades antioxidantes e que o manjericão é rico em vitaminas e minerais?

Ingredientes:

6 cogumelos portobello

2 dentes de alho

meio copo de nozes

meio copo de folhas frescas de manjericão

1 copo de espinafres frescos

1 colher de sopa de vinagre balsâmico

sal q.b.

água q.b.

Instruções

Coloquem as nozes na trituradora, depois de trituradas juntem o alho, os espinafres, o sal, o vinagre e o manjericão e os pés dos cogumelos. Juntem água até ter uma consistência cremosa.

Recheiem os cogumelos e levem ao forno durante 15 minutos.

Diapositivo1.GIF

 

 


08
Jun 16

torrada com tomate.jpg

Os tomates são muito ricos em antioxidantes, como a Vitamina A, Vit. C e beta-caroteno. Ele também contem boas quantidades de manganês e vitamina E. Como é rico em licopeno a sua ingestão está associada à redução do risco de doença cardíaca e dos níveis de colesterol. Possui ainda propriedades anti-inflamatórias e ajuda na prevenção de doenças relacionadas com a idade.

Porque não começar o pequeno-almoço (desayuno) com este fruto? é que não dá trabalho nenhum, nenhum...

Ingredientes:

1 fatia de um bom pão (prefiro um pão com passas ou nozes porque estes frutos secos combinam muito bem com o sabor agri-doce do tomate)

1 tomate, sem pele

azeite, q.b

orégãos, q.b (opcional)

sal, q.b

Instruções

Desfazer o tomate e um fio de azeite com a varinha mágica até ficar uma papa. Juntem um pouco de sal e orégãos. Torrem uma fatia de pão. Acrescentem um fio de azeite ao pão torrado, o molho de tomate e está pronto.

 

publicado por Susana às 12:36

02
Jun 16

nail-growth-tips.jpg

Como todas as mulheres gosto de ter as mãos e os pés cuidados e bonitos mas isso não significa que ande constantemente a pintar as unhas. Raramento o faço pois o verniz contem produtos químicos tóxicos que podem afectar seriamente a nossa saúde. Segundo alguns investigadores da universidade de Stanford a exposição a esses produtos químicos pode causar câncer e problemas de fertilidade.

Os meus cuidados passam pela: 1. alimentação saudável, rica em vitaminas e bem equilibrada. Caso contrário as vossas unhas vão enfraquecer e quebrar. 2. Hidratação das cúticulas (faço-o com azeite e óleo de coco). Nunca deixei que retirassem as minhas cutículas pois elas protegem as nossas unhas das bactérias. 3. Usar luvas sempre que se limpa a casa. 4. Evitar os vernizes que não sejam orgânicos (existem algumas marcas na Organi e Miosótis). 4. Esfoliar as mãos e pés uma vez por semana (açúcar, azeite e óleo de coco) e passar um bom hidratante (umas gotas de óleo de cenoura, por exemplo).

Para dar brilho nas unhas faço o seguinte:

misturo 1/2 colher de sopa de argila branca com uma colher de sopa de azeite prensado a frio. Aplico esta pasta nas unhas e deixo ficar durante quinze minutos. Ao removerem a pasta das unhas vocês vão ver como estas estão com um belo brilho natural e como as cutículas estão bem hidratadas.

Há quem pinte as unhas com henna mas imagino a dificuldade para depois tirar a cor das unhas. Nunca experimentei.


25
Mai 16

beringelas.JPG

A beringela para além de conter um conjunto de vitaminas e minerais possui fitonutrientes importantes, muitos dos quais são antioxidantes. Fitonutrientes contidos na beringela incluem compostos fenólicos, tais como o caféico e ácido clorogênico, e flavonóides como o nasunin. Em testes laboratoriais efectuados com animais, quando lhes foi dado sumo de beringela o colesterol no sangue, o colesterol nas paredes das artérias e o colesterol em suas aortas, foi significativamente reduzido. As paredes de seus vasos sanguíneos ficaram relaxadas, melhorando o fluxo sanguíneo. Estes efeitos positivos foram provavelmente provocados pelo nasunin mas também por vários outros fitonutrientes presentes na beringela.

Ingredientes

Para a beringela

1 Beringela cortada no sentido do comprimento

orégãos, q.b

azeite, q.b

Para as lentilhas

200 g de lentilhas

meia cenoura

meio alho francês

2 dentes de alho (aqui come-se muito alho)

1 colher de sobremesa rasa de garam masala (opcional)

sal, q.b.

azeite

coentros

Instruções

Deixe de molho as beringelas por meia hora para que percam a sua acidez. Limpe-as e coloque-as a grelhar. Polvilhe com oregãos e um pouco de azeite. Vá virando até que as beringelas fiquem moles. Reserve.

Na panela de pressão coloque o alho, o alho francês e a cenoura, com um pouco de azeite. Refogue. Junte as lentilhas. Refogue mais um pouco e junte a garam masala. Junte água e feche a panela de pressão. Deixe cozer durante 15 minutos.

Escave com um colher pequena o interior das metades das beringelas e recheie com as lentilhas. Leve a um forno pré-aquecido durante 10 a 15 minutos. Retire do forno e coloque um pouco de coentros picados.

 

publicado por Susana às 11:06
música: https://www.youtube.com/watch?v=oKxuiw3iMBE

24
Mai 16

ceviche de cogumelos.jpgNão lhe apetece cozinhar? esta receita não vai ao lume, é fresca, demora 15 minutos a fazer e ajuda a emagrecer.

Tem sido difundido que a chave para obter uma quantidade suficiente de vitaminas e minerais na dieta é comer uma variedade colorida de frutas e legumes. No entanto, esta filosofia tende a deixar os cogumelos no escuro pela sua falta de cor. Nada mais errado!! Inúmeros estudos têm sugerido que o aumento do consumo de alimentos como os cogumelos (biológicos)  diminui o risco de obesidade e mortalidade geral, diabetes, doenças do coração e promove uma pele saudável e cabelo e um aumento de energia.

Já está convencido? Ainda não? então experimente esta receita...

Ingredientes

200 g de cogumelos (usei os Porto belo biológicos)

1 cebola roxa

3 limões

sal, q.b

coentros

5 folhas de hortelã picadas

Instruções

Corte os cogumelos e a cebola em fatias muito finas. Regue com o sumo de limão, um pouco de sal, junte os coentros e hortelã. Misture tudo muito bem e leve ao frigorífico 15 minutos para que os sabores se juntem.

 


21
Mai 16

esparguete com molho de iogurte.jpgPor aqui evita-se o glúten e as natas (para quem é alérgico ao leite, como eu, é um alimento proibido. Por vezes uso natas de soja mas prefiro os iogurtes pois são alimentos fermentados que atacam a minha gastrite crónica). Também fugimos dos queijos amarelos (outro alimento querido das gastrites) apesar de gostarmos muitos dos queijos açorianos.

Esta receita é leve, saudável e demora 20 minutos a fazer!!!

Ingredientes

400 g de esparguete sem glúten (à venda no Continente ou Jumbo)

sal q.b.

azeite, q.b.

3 dentes de alho descascado e esmagado 

1. colher de sopa de coentros picados grosseiramente

1 embalagem de salmão fumado

Para o molho (este molho pode ser utilizado em vários outros pratos)

2 iogurtes naturais

1 ovo batido

raspa de casca de limão, q.b

1 colher de sopa de sumo de limão

1 c. de sopa de manjericão picados grosseiramente

Instruções

Coza o esparguete em água temperada de sal, durante 8 a 10 minutos. Entretanto, aqueça o azeite numa frigideira. Junte o alho esmagado. Uma vez o esparguete cozido "al dente", escorra-o bem. Coloque o esparguete na frigideira com um pouco de azeite. Mexa com uma pinça. Numa tigela, misture o iogurte com o ovo batido, a raspa e o sumo de limão e o manjericão. Deite esta mistura na frigideira. Mexendo sempre com a pinça, deixe cozinhar por três minutos. Acrescente o salmão fumado, cortado aos pedaços. Deite o esparguete num prato e polvilhe com os coentros.

 

 


19
Mai 16

 

receita-hamburguer-de-grao-de-bico-vegano.jpgHá vários anos estive numa feira de comida saudável, em Oeiras, onde provei uns hambúrgueres de feijão vermelho que eram absolutamente incríveis!! depois disso também experimentei uns hambúrgueres de tremoços muito bons. É possível fazer hambúrgueres vegetarianos de tudo e mais alguma coisa.

Este hambúrguer de grão tem como base a receita da chef Andrea Henrique (ver receita) mas levou o meu toque pessoal (não consigo seguir uma receita à risca. Tenho sempre que a reinterpretar).

Ingredientes

100 g de grão de bico
2 colheres de azeite
1 colher de farinha maisena
1 colher de chá de coentros picado
1 colher de chá de manjericão
1 colher de café de caril
1 colher de café de garam masala
sal (a gosto)

Para decorar

1 queijo Labneh (receita)

1 colher de café de gengibre fresco ralado

hamburguer-de-falafel-grao-de-bico.jpgInstruções

Coloque grão de bico para hidratar por 8 horas em 300 ml de água.Escorra a água e lave os grãos em água corrente.
Triture os grãos, com o azeite, farinha, manjericão e coentros até virar uma massa. Coloque a massa em uma tigela e acrescente as especiarias. Sove com as mãos.Faça bolas de 150 g e amasse. Frite dos dois lados em uma frigideira anti-aderente, com um pouco de azeite, em fogo baixo. Retirar da frigideira, colocar um pedaço de queijo Labneh (o sabor amargo deste  queijo, conjugado com o semi-adocicado do grão e das especiarias, é perfeito) e o gengibre ralado em cima e servir.

hamburguer de grão.jpg

 

 

 

 

publicado por Susana às 15:25

07
Mai 16

maionese de abacate.jpg

 Um dos meus simpáticos vizinhos deu-me um saco cheio de peras abacate, que ele cultiva sem qualquer tipo de pesticidas. Não é das frutas que mais gosto mas sabendo dos seus múltiplos benefícios para a saúde (contém dois tipos de gordura insaturada (mono e poli-insaturada), que ajudam a controlar os níveis de triglicéridos e o colesterol presentes no sangue, além de reduzir o risco de doenças cardiovasculares) decidi fazer poesia na minha cozinha. Uma manhã chuvosa, com poesia gastronómica, é uma manhã mais feliz .

Ingredientes

1 pêra abacate

Algumas folhas de manjericão fresco

1 dente de alho pequeno

4 colheres de sopa de limão espremido fresco

sal q.b

 

Instruções

Juntem o abacate com o dente de alho e misturem com a ajuda da varinha mágica. Acrescentem o sal e as folhas de manjericão picadas. Batam. Misturem por fim o sumo de limão.

Sugestões: coloquem uma colher de sopa de maionese em cima de uma posta de salmão grelhada....tão, tão bom!!!

 

publicado por Susana às 11:49

15
Abr 16

Ginger-Root-Benefits.jpgAntes de vos ensinar a preparar esta deliciosa receita vou deambular pelas mais recentes investigações cientificas sobre os benefícios do gengibre (vá lá...tenham alguma paciência...é favor não saltarem esta parte já que estorriquei o Cérbero com artigos chatos para vos deixar um pouco mais sapientes).

O gengibre tem sido usado há milhares de anos no tratamento de numerosas doenças, tais como constipações, náuseas, artrite, enxaquecas e hipertensão arterial. Embora a utilização do gengibre seja considerada segura uma informação incompleta sobre os seus mecanismos de acção sugere algum cuidado na sua aplicação. No entanto, nos últimos anos os cientistas têm levado a cabo vários estudos sobre as propriedades químicas e farmacológicas do gengibre.

Componentes bioactivos de gengibre

Pelo menos 115 constituintes foram identificados por processos laboratoriais em gengibre fresco e seco. Os gingeróis são os principais constituintes de gengibre fresco e encontram-se ligeiramente reduzidos em gengibre seco.

 

EFEITOS NA SAÚDE: A evidência científica

Os dados de diversas pesquisas indicam que o gengibre e os seus componentes se acumulam no trato gastrointestinal, o que sustenta as muitas observações sobre a eficácia do gengibre como um agente anti náuseas e como um preventivo no câncer do cólon. Por outro lado, os dados apoiam a eficácia do gengibre no alívio da dor e no inchaço associado com artrite. O uso mais comum de gengibre prende-se com o alívio do vómito e da náusea associada com gravidez, quimioterapia, e alguns tipos de cirurgia. Os dados clínicos indicam que o gengibre é pelo menos tão eficaz, e pode ser melhor, do que a vitamina B6 no tratamento destes sintomas. O gengibre também parece reduzir o colesterol e melhorar o metabolismo dos lípidos, contribuindo deste modo para diminuir o risco de doenças cardiovasculares e da diabetes.

Em resumo, tem sido provado que o gengibre possui diversas propriedades farmacológicas, apesar de haver algum desconhecimento sobre a forma como este age. No entanto, apesar da falta de informação específica a utilização de gengibre parece ser segura e os seus efeitos são poderosos e surpreendentes, nas suas diversas aplicações.

E finalmente a receita desta deliciosa bebida fermentada

Ingredientes:

3/4 de chávena de gengibre muito fresco, biológico, descascado e ralado ou cortado em pedaços muito pequenos;

1/2 chávena de limão fresco

1 colher de sopa de mel biológico (usei de eucalipto)

1 colher de chá de sal marinho

1/4 de chávena de soro de iogurte (a chamada whey protein que é o líquido que está nos potes de iogurte e que muita gente deita fora)

1 litro de água à temperatura ambiente

Modo de Preparo:

Coloque todos os ingredientes num pote alto com tampa e mexa muito bem.

Tape e deixe à temperatura ambiente por 3 a 4 dias (como ainda está frio deixei o pote na bancada, durante 4 dias) e depois transfira para o frigorifico.

Coe na hora de servir.

Você também pode servir o ginger ale diluído em água das pedras.

NOTA: no segundo dia acrescentei duas colheres de sobremesa de açúcar. Fiz mal pois ficou demasiado doce. Na hora de servir acrescentei umas gotas e uma rodela de limão. Ficou muito melhor.

ginger ale caseiro.jpg

 

 


09
Abr 16

Todos nós conhecemos os benefícios do feijão: possui nutrientes essenciais como vitaminas (a maior parte do complexo B), ferro, cálcio e proteínas, que estão presentes em quantias que podem até substituir os produtos animais. O ferro contido nele ajuda na recuperação de anemias, a fibra da casca do feijão ajuda a regular o funcionamento do intestino, e o cálcio ajuda na recuperação da osteoporose. 

Aqui em casa come-se leguminosas no mínimo duas vezes por semana já que todos gostam. Esta receita é fácil de efectuar e quando se tem muitos convidados torna-se uma boa opção já que agrada a miúdos e graúdos.

feijao.jpg

 

 

Ingredientes

300 gramas de feijão cozido

1 pitada de sal

1 pitada de especiarias

4 salsichas frescas

1 ovo

Azeite, q.b.

 

Instruções

Desfazer o feijão até que ele fique transformado em puré (ir acrescentando azeite em fio). Esventrem as salsichas e misturem com o feijão já desfeito. Acrescentar especiarias e sal, se necessário. Juntar um ovo e misturar bem. Verter a mistura numa forma refractária, previamente untada. Levar ao forno, em temperatura média, durante 30 minutos.

 

 

publicado por Susana às 18:16

Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
facebook
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO